Maior bobina de Tesla da América Latina foi construída por aluno da Unilins

Maior bobina de Tesla da América Latina foi construída por aluno da Unilins - UNILINS

Essa bobina estará na praça central do campus da Fundação Paulista, na sexta-feira, 18/10, com seu construtor, o aluno Fabrício Franzoli, do curso de Engenharia Elétrica da Unilins.
A Bobina de Fabrício mede 2,30 metros, tem descargas elétricas de até 3,5 metros, com tensão de saída dos raios de 800 KV, equivalente a 800 mil volts.
A Bobina de Tesla é um transformador que produz tensões elevadas sob altas frequências. Um exemplo é a bobina de um carro, que recebe uma tensão de 12V da bateria em seu rolamento primário e a transforma em alta tensão, variando entre 8.000 volts e 40.000 volts, aproximadamente, dependendo do modelo utilizado.

Galeria

Iniciar Conversa
Precisa de Ajuda?
Olá! Seja bem-vindo(a). O que podemos fazer para te ajudar?